Carrinho

Histórico da empresa

A Livraria Casa do Advogado surgiu da necessidade, percebida por seus fundadores, de se poder dar um melhor atendimento ao cliente, uma vez que já atuavam no mercado livreiro com a distribuição e representação comercial de uma única editora, mas observaram que diariamente, seus clientes solicitavam livros de outras editoras, logo, surgiu a necessidade de ter uma livraria que pudesse trabalhar com todas as editoras, atendendo a demanda de seus clientes.

Fundada em outubro de 1995 e inaugurada em março de 1996, a Casa do Advogado tem um marco muito participativo no comercio de livros jurídicos, principalmente na região sul do país, alcançando um rápido crescimento, através de sua política de segmentação de mercado e parcerias com editoras e distribuidores.

Logo em seus primeiros anos de existência a empresa passou por uma significativa mudança na sua gestão, quando o então sócio fundador Carlos Orestes Callage, autor da carta de fundação da organização, afastou-se da empresa em um acordo comercial repassando a sociedade integralmente aos comandos do Sr. Manoel Silva e família, que se mantêm a frente da administração da empresa até os dias atuais.

Com o passar dos anos a empresa amadureceu seus processos de trabalho, superando desafios e momentos de crise econômica, consolidando-se no mercado e conquistando a confiança de clientes e grandes organizações da esfera jurídica.

Nos dias atuais a empresa e sua gestão continuam seu processo de reciclagem e profissionalização, inovando seus métodos de trabalho, acompanhando e explorando a evolução das novas tecnologias, a fim de manter-se no mercado em alto nível de competitividade, oferecendo aos clientes uma experiência diferenciada, através de seu atendimento especializado em literatura jurídica.

Texto da carta de fundação da Livraria Casa do Advogado, escrita por Carlos Orestes Callage:

“Em Porto Alegre, em plena rua do livro inaugura-se uma livraria.
Os lunáticos de plantão se entreolham e resmungam, mas como! E a modernidade: cds, dvs, vídeos, acesso a internet  e outros bichos deixam espaço para o livro?
Ledo engano, a casa que está sendo aberta ao público é uma livraria que nasce da convicção de que o livro permanece de forma definitiva no coração do homem!
Esta livraria é também a história real, verdadeira de um jovem e um velho, aguçando todas as contradições de idade, pelo amor ao livro!
O jovem Manoel gerente da distribuidora da Revista dos Tribunais (Callage& Filhos), por mais de 20 anos, veio um dia a minha residência e surpreendeu-me com um desafio;
Vamos instalar uma livraria na rua do livro, já acertei o aluguel do imóvel, agora preciso da tua concordância para ser sócio na constituição de uma livraria especializada em livros jurídicos.
Eu vinha de um acidente vascular cerebral, mal das pernas e do coração, debilitado e exigindo repouso absoluto.
Da outra parte vi a excitação do jovem Manoel, com seu dinamismo, coragem e abnegação altamente convincentes de sua determinação.
Não deu outra coisa: a prudência do velho Carlos Callage aliada com a audácia do jovem Manoel Silva, fez surgir a Livraria Casa do Advogado.
Caros juristas;
A fundação de nossa livraria afasta todos os formalismos, pois a Casa do Advogado pretende ser verdadeiramente a sua casa livreira.
É o reconhecimento de que o atendimento personalizado de suas carências, por mínimo que seja, nos torna úteis e necessários.
E para finalizar.
É como narra a cena bíblica;
O agrupamento humano nesta hora está a reverenciar não o bezerro de ouro, mas a luz que emana misteriosamente do livro.
É que acuado pelas contradições do mundo moderno o homem encontra no livro a fonte inesgotável e segura do saber, capaz de elucidar suas dúvidas e aguçar seus mais nobres sentimentos.
Isso posto;
Queremos encerrar dizendo;
A Casa é sua e a festa também!”

Cadastre-se e fique por dentro de promoções e novidades!